Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GAMER AÇORIANO

Sou um fanático, amante da indústria dos videojogos desde criança e um fã incondicional do exclusivo Xbox, Halo.

SEQUELAS E MAIS SEQUELAS

20.05.07 | Nelson Roque

Tal como qualquer jogador de vídeo jogos, uma sequela de vídeojogos é sempre bom, mas em demasia é aborrecido. É isto que está a acontecer nesta geração, muitos sequelas estão a ser produzidas e poucos jogos (originais) são anunciados. São tantas sequelas que muitos já vão no 5º, 6º, 7º título, e por aí cima. Não sou só eu que reclama desta crise, segundo a ROX (revista oficial xbox), já foi elaborada uma investigação acerta deste tema «Sequelas». Em que os jogadores diziam estar fartos de sequelas anuais, tenho exactamente a mesma opinião.

 
Vou levar este tema mais além, servindo-me de exemplos:
 

Param terem uma ideia dos poderes psíquicos, reparem nos efeitos.Midway, produtora de Mortal Kombat, um jogo de combates, está em produção o seu novo episódio, que mais uma vez se tem a dizer pouco de novo ou inovador. Não sei que teimosia tem a produtora tem com este jogo, falo da Midway como de todas as produtoras (atenção), com excelentes jogos que nem uma sequela tiveram (e estão mesmo a precisar!), para vos exemplar: Psi – Ops: The Midngate Conspiracy (Psi – Ops) entre muitos outros. Mas escolhi Psi – Ops, porque

tive oportunidade de o jogar, e é um excelente shooter na terceira pessoa, onde utilizam-mos poderes psíquicos na luta contra terroristas.

 

A calmaria antes da tempestade, preparem-se.

Shadow Ops : Red Mercury, produzido pela Zombie e editado pela Atari, é mais um (grande) jogo que se perdeu por falta de uma sequela. Um firs person shooter, intenso, com uma banda sonora que nem  a de Halo 2 a bate, pena não conseguir gravar um pouco da banda sonoro para ouvirem. Shadow Ops  tem uma jogabilidade super intensa em que somos acompanhados por companheiros de guerra, onde nos ajudam a sobreviver na selva do Paquistão. Referente ao jogo, Red Mercury com umas melhorias numa continuação iria ser implacável. Mas dadas as circunstâncias a produtora "fugiu".

 

Outro que não conseguiu fugir à regra, esse é Sudeki, um RPG, produzido pela Climax e editado pela Microsoft. Um jogo de fantasia e magia, com quatro personagens jogaveis, cada qual com as suas magias e combos. Elas são: Tal, Ailish, Buki e Elco. Onde os vamos guiar através de três mundos ricos em fantasia com um sistema de combate em tempo real. O enredo do jogo faz com que joguem com as quatro personagens e não só com o favorito. "A animação dos bosses é estupenda, os ataques são surpreendetes e a IA de primeira categoria", comenta o director da Climax. Um excelente RPG, um dos meus favoritos, que não recebeu uma sequela.

 

As produtoras viram-se para outros títulos deixando o “ouro” a desaparecer, estes foram uns exemplos mas muito por ai foram “encostados” com um grande valor nos jogadores que os jogaram, um deles que me esquçi de falar é Shenmue III. Cheguei ao fim de mais um post, espero que gostem, fiquem bem e comentem.

3 comentários

Comentar post